Site Meter Projeto Modes - Encheu? Joga Fora!: Novembro 2009

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Turn the page now



...
Chegou na festa particular bem mais tarde. Saiu procurando as pessoas, passou e pegou uma cerveja no isopor que estava no canto da sala.
Antes de mais nada o avistou entrando pela porta lateral, o coração quase tocando a língua, mas virou o rosto. Sabia que não tinham mais o que conversar, ou tinham, mas não queria. Preferiu ignorar. Sentiu o peso dos olhos dele em suas costas. Foi pra longe, o máximo que conseguiu.

As próximas cervejas serviram de calmante para um corpo que estava a milhão. Incrível como cada membro sente quando algo incomoda, quando algo não te deixa saber onde levar os pés.

...quando nada pode ser feito. Ou pode, mas não se sabe como. Sem maiores tentativas.

Tentou transparecer tranquilidade. Esperava alcançar esse objetivo. O álcool já fazia o peito doer de vontade de chorar. A vontade era a de encontrar.

O desespero começou a bater quando o outro rosto já estava sumido por muito tempo. Olhava para cada pedaço, cada movimento. E desistiu. Embriagada demais, se despediu e pegou as chaves do carro na bolsa.

Lá estava ele encostado na porta.
E o céu tinha pontos estrelados.

- Esquece tudo e vamos embora?
- Eu vou embora. Você fica.

Pediu licença, bateu a porta e se concentrou. Aquele filme de tudo passou como um flash. Olhou mais uma vez.

Saiu acelerando.


.